(Campo Escola) – A nova Loja Escoteira no Distrito Federal foi inaugurada no último dia 27 de agosto, no Campo Escola, sede da Região Escoteira do DF (Setor de Clubes Sul).

O evento contou com a presença de representantes da diretoria dos Grupos Escoteiros do DF, de integrantes da Diretoria Regional e, ainda, de membros da Diretoria Executiva Nacional e do Conselho de Administração Nacional, que estavam reunidos em Brasília.

Na oportunidade, Otto Marques, responsável pela Loja Escoteira Nacional, falou da importância de uma inauguração como essa, em Brasília: “O projeto luz da loja escoteira tem quase dois anos. Brasília e Paraná foram os primeiros parceiros a acreditar neste modelo de inicialização do processo comercial de divulgação. A dinâmica comercial busca profissionalizar a loja escoteira, com o objetivo de deixar as regiões fazerem o que realmente gostam, que é praticar o escotismo. Esta centralização facilitará a demanda comercial de pedidos, uma vez que as Regiões não dispõem de recursos para ter grandes estoques.”

Alexis Cossio foi o primeiro a fazer compras na nova loja

Alexis Cossio foi o primeiro a fazer compras na nova loja

Ainda segundo Otto, outras vantagens deste processo são o aumento do poder de comercialização, diminuição de custos e ampliação de parcerias. “O ano de 2016 foi um ano de estruturação, 2017 será um ano de divulgação, ampliação e diminuição de custos. Temos escolhido parceiros que tem a ver com o nosso DNA institucional.
A sociedade está, neste momento, debatendo algumas questões como gênero e sustentabilidade. Temos buscado este olhar diferenciado na escola do material disponível na loja. Nós já temos alguns produtos sustentáveis, pois temos o cuidado ao pesquisar possíveis fornecedores, assim como conhecer os históricos de cada marca. Nossos uniformes possuem 20% de garrafa PET, tudo com certificação, além de termos na loja botas veganas e produzidas com material reciclado. Vale conferir!”

O maior desafio de se trabalhar com o movimento escoteiro é o próprio público escoteiro, movido pela paixão pelo escotismo. Em 20 anos de experiência no mercado, Otto afirma que essa é a única experiência que conhece com tamanha paixão e fidelidade. “Essa sensação de pertencimento é um fator que dificulta, pois é difícil atingir as expectativas de um cliente assim.”

É importante informar que todos os produtos que estão na loja física também estão disponíveis na loja online. Até o final do ano estão previstas novidades, como o programa de fidelidade e o estreitamento de relação com a loja mundial.

Ivan Nascimento, primeiro vice-presidente da UEB, afirmou que o processo de unificação de todas as lojas, no que diz respeito à identidade visual e desenho físico da loja, servirá de modelo e experiência para implementação nas outras lojas pelo país. “Temos produtos que facilitam a vida dos escoteiros, como vestuário adequado, material didático e para a vida no campo”, disse Ivan.

Segundo o presidente da Região Escoteira do DF, Márcio Albuquerque, a inauguração da Loja Escoteira, em Brasília, é uma iniciativa que fortalece a União dos Escoteiros do Brasil. O objetivo também é fortalecer a marca, e mostrar para a sociedade que os nossos produtos também tem uma identidade, que nosso material divulga as práticas da aventura positiva, uma vez que todos os nossos jovens estão ligados à saúde interagindo ar livre. “A loja e os conceitos estão vindo para ficar e para unificar a marca, de forma que os nossos associados e a sociedade conheçam nossos produtos. O maior desafio é quebrar os paradigmas dentro da instituição, e em virtude de todos os investimentos que temos feito, acredito que muitos preconceitos serão quebrados.”, afirmou Márcio.

No Brasil, atualmente, existem cerca de 90 mil escoteiros, e o plano estratégico é para chegar a 200 mil escoteiros em 2020. A loja é uma das ações de divulgação e mobilização de novos recursos deste plano.

Recentemente, a Direção Nacional da UEB assumiu a gestão da Loja Escoteira no DF e também de outras Regiões Escoteiras distribuídas pelo país. A intenção da unificação é estabelecer uma política comercial que melhor atenda às necessidades e anseios dos associados.

Deixe uma resposta