WhatsApp Image 2016-08-13 at 09.09.27

Escotistas e Dirigentes aprenderam técnicas para melhorar a acolhida nos grupos

(Campo Escola) – Para ajudar Escotistas e Dirigentes a melhorar e potencializar a acolhida nos Grupos Escoteiros, a Região Escoteira-DF ofereceu, no sábado dia 13 de agosto, um módulo de formação para tratar do assunto.
Com o tema “Acolhimento de Jovens e Adultos no Grupo Escoteiro”, a formação foi realizada no Campo Escola da UEB/DF e promovida pela Equipe Regional de Gestão de Adultos (ERGA).

O módulo contou com a participação de 38 escotistas e dirigentes de 13 Grupos Escoteiros do DF. Reforçando o grande interesse dos voluntários em estar prontos e preparados para atuar cada vez melhor em suas unidades escoteiras.

Durante a formação, os participantes tiveram a oportunidade de compreender melhor o processo de acolhimento – tão importante para o Movimento Escoteiro. Aprenderam as melhores maneiras de receber um jovem recém-chegado ao movimento e também formas de acolhimento de pais e potenciais adultos voluntários.

Foi explicado o acolhimento como processo em que o associado ingressante é levado a ter o sentimento de pertencer à equipe e ao Grupo e, não apenas deles participar. O objetivo do processo de acolhimento deve ser o de gerar no novo associado a sensação de estar “no lugar certo”. Por sua vez, o Grupo que faz o acolhimento deve estabelecer o sentimento de que aquele é o “lugar certo” para o ingressante.

Para a equipe de formação, um acolhimento bem realizado em muito auxilia na permanência dos jovens no movimento escoteiro, tornando possível o crescimento individual, a autonomia e a capacidade deles de assumirem seu próprio desenvolvimento.

Prática – Ao final da formação foram apresentadas situações hipotéticas similares às que ocorrem rotineiramente nos Grupos Escoteiros. Diante delas os participantes traçaram estratégias para a recepção e o acompanhamento dos jovens, responsáveis e adultos voluntários.

Deixe uma resposta